Vírgulas

06/05/2015

O fato é que toda historia deveria ter um final. Feliz ou não. Com lágrimas ou sorrisos. Um abraço ou um simples adeus. Não importa como, mas é certo, tem que haver um ponto final. No meu caso, eu ponho vírgulas.
Talvez não faça sentido para você, assim como faz pra mim, mas gosto de pensar que uma hora tudo chega ao fim, e que naquele momento do fim vai um pontinho, assim normal, desses que a professora falava no ditado: “ponto final”. Aliás, se você analisar, o nome dele já indica para o que serve, pôr finais.
Já as vírgulas, não são para finais, depois dela sempre tem uma continuação, não é mesmo? Quando penso nas vírgulas que eu guardo, fico maluquinha. Não faz sentido. Pra mim, TUDO deve haver um fim.
Talvez eu me despeça de você, um dia desses. Já que até hoje não tive a chance, apenas paramos de nos falar, lembra? Você me deu minha primeira vírgula. Depois veio muitas outras, de outras pessoas. De repente virou costume, nada tinha um fim. Você me ensinou que era mais fácil ir embora sem dizer adeus.

Quem sabe algum dia desses, eu  me despeça... Assim poderei substituir todas as vírgulas por pontos.

Comente também com o facebook:

3 comentários, comente também aqui.
  1. Entendi o que quis dizer e refleti também! rs
    Sempre vejo as "virgulas" como a capacidade do homem em se renovar.

    Amei o blog! Só não achei como me inscrevo! :/

    Bjin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vírgulas posem significar tanta coisa, ne? Tem tantas formas de encara-las...
      Infelizmente, ainda vou resolver isso, Lícia!
      Muito obrigada pelo comentário, beijinhos

      Excluir

Obrigada por comentar <3

 
Todos os direitos reservados © - Tecnologia do Blogger Layout e desenvolvimento por Carla Vieira